Nota das entidades sindicais contra a violência ao trabalhador haitiano na BRF em Santa Catarina

A Confederação Brasileira Democrática dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação da Central Única dos Trabalhadores (Contac-CUT), a Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação (CNTA Afins) e o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias das Carnes e Derivados de Chapecó e Região (Sitracarnes) vêm a público manifestar repúdio à ação truculenta de seguranças privados contra um trabalhador dentro da unidade da empresa BRF, na cidade de Chapecó (SC), no dia 8 de julho de 2021.

Um paraíso para a transnacional da soja

Da ausência de consulta prévia, passando por irregularidades operacionais de todos os tipos, até chegar à falta de um estudo completo de impacto ambiental, constata-se: o porto operado pela transnacional Cargill, desde 2003, no rio Tapajós, no estado do Pará, ignora solenemente as regulamentações ambientais elementares, passando por cima dos direitos dos povos indígenas que ali vivem, e gerando consequências econômicas negativas para a região.

“Não há o que festejar”

São 10 estádios lotados de ausências. 475 mil mortes que poderiam ter sido evitadas. Mas Bolsonaro fez questão de espalhar o vírus. Atrasou a vacina e correu para fazer um torneio enquanto o país segue sufocado.

Ambev e Heineken acusadas por trabalho escravo

As gigantes produtoras de cerveja foram autuadas depois de uma fiscalização do Programa de Erradicação do Trabalho Escravo no estado de São Paulo encontrar 23 trabalhadores migrantes em condições análogas à escravidão em uma das empresas distribuidoras que terceirizam seus serviços para ambas as transnacionais.

17 de maio: Dia Internacional contra LGBTIfobia

A Rel UITA tem sido pioneira na defesa e promoção dos direitos das pessoas LGBTI e, há vários anos, desenvolve diversas atividades que dão visibilidade e atenção aos problemas e desafios dessa comunidade no âmbito laboral e sindical.

“Seguimos lutando”

Confira no nosso podcast as palavras de Gisele Adão, vice-presidenta do Comitê Mundial de Trabalhadores e Trabalhadoras LGBTI da UITA sobre esta data que, segundo ela marca uma vitória para o movimento LGBTI no combate à discriminação e a violência.