Gerardo Iglesias

Gerardo Iglesias (Uruguay) - gerardo@rel-uita.org

“É hora de reagir!”

Célio Elias, dirigente do Sindicato de Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Criciúma e Região convoca aos trabalhadores e as trabalhadoras da Seara/JBS a defenderem um ganho real nos salários e não apenas um reajuste pelo IPC.

Brasil, paraíso dos agrotóxicos

A notícia apareceu nas páginas “policiais” dos jornais dos dois países: na terça-feira, 28 de setembro, foram apreendidos no Brasil mais de 630 quilos de agrotóxicos introduzidos ilegalmente, oriundos do vizinho Uruguai. Por muitos anos, o Brasil foi o empório sul-americano de agrotóxicos, legais e ilegais. O governo de Jair Bolsonaro o transformou em um completo paraíso.

Um presidente sindical a todo vapor

Sérgio Guedes, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Industria de Doces e Conservas Alimentícias do Estado do Rio Grande do Norte (Sinddocern), é um homem de ação, um companheiro que fica sem ar atrás de uma mesa de escritório, é um dirigente que está sempre com as pessoas, alinhado às causas populares e que luta pela democracia.

“Um golpe está sendo preparado”

O presidente Jair Bolsonaro convocou o “povo brasileiro” para se manifestar nas ruas contra o parlamento e o Supremo Tribunal Federal, amanhã, dia 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil. Em uma carta aberta, mais de cem dirigentes mundiais denunciaram a possibilidade de um golpe de Estado.

O antissindicalismo como denominador comum

O presidente da CNTA conversou com a Rel sobre a reunião realizada no dia 8 de julho, entre representantes da CONTAC e da CNTA e os dirigentes da sua base sindical na empresa francesa Lactalis. “Sabíamos do comportamento antissindical da Lactalis, mas eu, pelo menos, não fazia a mínima ideia da gravidade da situação no país”, disse Bueno de Camargo.

Demissões e perseguição sindical

Nossa afiliada SITRACONSTA, Sindicato dos Trabalhadores de La Constancia, empresa salvadorenha subsidiária da AB InBev, denunciou a intransigência da patronal da empresa belgo-brasileira ao negociar melhores condições salariais, bem como sua contínua violação dos direitos trabalhistas e sindicais.

Rio Grande do Sul prestes a se tornar um lixão tóxico

No dia 29 de junho, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou um projeto de lei (260/2020) enviado pelo governo, modificando a legislação no que tange ao uso de agrotóxicos no RS. A nova normativa visa a permitir a importação e o uso de determinados produtos nas plantações do estado do RS, em que pese sejam proibidos em seus países de origem.

Fora Bolsonaro!

Já chegamos aos 524 mil mortos por coronavírus no Brasil. Não há ninguém que não tenha sofrido a morte de algum familiar ou amigo por causa da “gripezinha”, esta que está longe de ser controlada.