Covid19 ou Jair Bolsonaro, quem pode matar mais?

O mundo vive hoje uma das maiores crises humanitárias dos tempos modernos. O COVD19 que tem origem na cidade de Wuhan, na China, se alastra com uma velocidade assustadora pelo mundo. Até este momento foram registradas mais de 19 mil mortes e mais de 465 mil casos de contaminação em todo mundo e este número segue aumentando.

Venenos exonerados

Desde 2004, o Estado brasileiro isenta os agrotóxicos de impostos, uma medida que gera aos cofres públicos um prejuízo de bilhões de reais. Para Jair Krischke, presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos e assessor da Rel UITA, os únicos beneficiários dessa medida são os próprios fabricantes.

Agrotóxicos, uma arma química particularmente nociva

O Brasil é o maior consumidor mundial de agrotóxicos desde 2013, e essa condição vem se consolidando ano após ano, especialmente após a chegada do governo de Jair Bolsonaro. Paralelamente, os casos de câncer no país dispararam e muitos deles são precisamente devido à exposição aos agrotóxicos.

Encurralando os agrotóxicos

“O que está em questão é a saúde das crianças e dos adultos”, considerou um juiz federal argentino ao definir “um limite restritivo e de exclusão” para as pulverizações de agrotóxicos na região de Pergamino, na província de Buenos Aires.

USTL assina carta de São Paulo

O 6º Congresso Internacional de Ciências do Trabalho, Meio Ambiente, Direito e Saúde: acidentes, adoecimentos e sofrimentos, realizado no Salão Nobre da Faculdade de Direito da USP, em São Paulo, entre 26 e 30 de agosto, foi um marco na discussão sobre as atuais condições de trabalho no Brasil e as ações do atual governo no desmonte de mecanismos de proteção e direito do trabalhador.