“Uma estratégia comum é necessária”

Entre os dias 5 e 6 de março, foi realizado em Brasília o Seminário de Direitos Humanos e Segurança na Ação Sindical, onde foram discutidos os diferentes tipos de violência no campo brasileiro. Organizado pela Contag com o apoio da Rel UITA e da CUT, o encontro reuniu dirigentes rurais e vítimas diretas de conflitos pela terra.

O Brasil da impunidade que não acaba nunca

Gilson Rego, coordenador regional no estado do Pará da Comissão Pastoral da Terra (CPT), conversou com A Rel sobre a sistemática violência sofrida por esta região do Brasil, sobre a criminalização do movimento social e comunitário, e sobre a prisão do Padre Amaro, reconhecido ativista dos direitos das comunidades rurais no município de Anapu. O padre está detido há quase três meses.