Amalia Antúnez

Amalia Antúnez

Amalia Antúnez (Uruguay) - amalia@rel-uita.org

“Em 40 anos de sindicalismo, nunca vi os direitos trabalhistas serem tão atacados como agora”

Quarta-feira, 10 de julho, a Câmara dos Deputados do Brasil aprovou o projeto da Reforma da Previdência, que aumenta para 40 os anos de contribuição, bem como a idade mínima do trabalhador/a para se aposentar. Artur Bueno de Camargo, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Alimentação e Afins (CNTA Afins), alertou para o fato de que esta reforma trará um retrocesso social sem precedentes.

A responsabilidade social da Nestlé

Na terça, 2 de julho, a unidade da transnacional suíça em Cordeirópolis no estado de São Paulo, notificou o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Alimentação de Limeira e Região (Stial), representante dos trabalhadores e trabalhadoras da empresa, que a partir de 1 de agosto terceirizará outro setor, tendo como consequência direta a demissão de uns 80 funcionários.

Perseguição sindical e demissões arbitrárias na Unilever Equador

O Sindicato dos Trabalhadores da Unilever Andina SA foi fundado em 27 de dezembro de 2014 e até alguns dias atrás contava com 117 operários sindicalizados de um total de 180 funcionários. Elpidio Francis, secretário-geral do sindicato, conversou com a Rel sobre as dificuldades que enfrentam na unidade da transnacional em Guayaquil, onde produzem sorvetes e margarina. A empresa está demitindo os trabalhadores que adoecem nas linhas de Produção.

Um país de homofóbicos

Dia 17 de maio, coincidindo com o Dia Internacional contra a Homofobia, a Transfobia e a Bifobia, começou a quarta edição do evento “Maio, mês da diversidade”, organizado pela prefeitura de Salvador, Bahia. Conversamos com Bruno Vida, coordenador do Centro Municipal de Referencia LGBTI, sobre as principais atividades programadas para até o dia 24 inclusive, e sobre o trabalho conjunto com a Rel UITA.