Brasil | GÊNERO | TRANSNACIONAIS

McDonald’s

Insensibilidade e falta de respeito no Dia Internacional da Mulher

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (CONTRATUH) se impressiona com mais essa falta de sensibilidade do McDonald's com as suas trabalhadoras.

Em pleno dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, essa empresa global obriga seu corpo de funcionárias a trabalhar, como forma de homenageá-las pela importante data.

Ou seja, num dia de conscientização, discussão de equidade de direitos de gênero e da luta pelo fim da violência contra a mulher, o McDonald’s explora suas funcionárias.

Mas, para nós da CONTRATUH, esse tipo de desrespeito do McDonald’s não é novidade. Há anos esta confederação denuncia o assédio moral, as irregularidades trabalhistas e a falta de compromisso com acordos feitos junto a Justiça do Trabalho de todo o Brasil -além de milhares de denúncias globais contra essa rede de fast-food.

Mas a CONTRATUH aproveita esse momento para reafirmar seu compromisso com as trabalhadoras do país, realizando eventos e buscando, dentro da justiça, que seus direitos sejam garantidos.

Sigamos na luta, pois somente juntos somos fortes.