O dia em que as galinhas comeram a raposa

Em um contexto de grande turbulência política e social na América Latina, o Chile se olha no espelho e não se reconhece. «Dignidade», «justiça», «equidade», «solidariedade», «liberdade», «direitos civis»: depois de décadas de intimidação e desesperança, a sociedade chilena mobilizada venceu o medo e decide ir com tudo.

Bolsonaro ao natural

Jair Bolsonaro não para de brincar de ser o Donald Trump da América do Sul: a última das suas tiradas foi defender o ditador chileno Augusto Pinochet e atacar a ex-presidenta do Chile, Michelle Bachelet, cujo pai foi torturado e assassinado pela ditadura que derrubou Salvador Allende.