Um cenário “à la Trump”

Para o assessor de direitos humanos da UITA, uma janela se abriu no Brasil para o impeachment do presidente Jair Bolsonaro, que mostrou certa recuada após sua ofensiva contra o STF e o Congresso. Em todo caso, diz ele, as coisas em seu país «mudam muito rápido» e Bolsonaro ganha com isso tempo para possivelmente contra-atacar.

“A opção Bolsonaro”

O prestigioso sociólogo Ricardo Antunes, analisa em duas etapas o cenário atual do Brasil. Como se chegou à eleição de Jair Bolsonaro e ao que ele chama uma tragédia cuja principal característica é a imprevisibilidade.

Áreas territoriais sem lei

Uma imagem de um novo mapa de Honduras circula nas redes sociais revelando o desaparecimento de vários departamentos, especialmente as Ilhas da Bahia, Colón, Gracias a Dios, Atlântida, Cortés e Valle.

Guerra do capital contra a vida

Um pequeno produtor rural perto de Rodríguez, um povoado a 60 quilômetros de Montevidéu, produz hortaliças orgânicas em um terreno de quatro hectares e vende a produção em duas feiras da capital uruguaia. Seu depoimento soa quase apocalíptico.

Cinco perguntas sobre as vacinas

As linhas a seguir são só perguntas de caráter social e político, não científico, já que não desejo nem posso entrar em um debate desse tipo. Não tenho uma posição contrária às vacinas em geral. Penso que depende de quais nos oferecerão para decidir como reagiremos.

A importância das ações locais e os vínculos diretos

Os tempos atuais, de neoliberalismo, de ultradireita e de pandemia, são os piores em comparação com os anteriores. Estamos em uma situação pior do que durante as ditaduras. Os governos militares foram muito duros, de muita perseguição e ódio contra o povo, mas também de muita solidariedade e cumplicidade entre as pessoas. O inimigo estava claro, não havia dúvidas, só a certeza de que era necessário resistir, nos cuidarmos entre nós e tecer relações. Agora é bem diferente.

O irresistível retorno dos militares

“Bolsonaro não governa mais e o Brasil vive desobediência civil», escreveu o colunista Merval Pereira na edição de 26 de março do jornal O Globo. Não é qualquer jornalista ou qualquer meio. Pertencente à rede Globo, O Globo é o jornal mais circulado do Brasil e Merval Pereira é um dos jornalistas mais próximos da família Marinho, dona da rede de comunicação.