Pelo mel que dá vida

Em uma década, mais de 1.500 apicultores, dos 4.500 no Uruguai, abandonaram a atividade, principalmente porque as abelhas estão morrendo devido ao uso indiscriminado de agrotóxicos. Além disso, o mel contaminado já não pode ser exportado para mercados que exigem uma produção «natural».

O Brasil vai de mal a pior

O assessor legal da Confederação Nacional dos Trabalhadores Assalariados e Assalariadas Rurais do Brasil (CONTAR) participou do Encontro realizado no município de Sunchales, Argentina, nos dias 29 e 30 de novembro. A Rel transcreve a seguir o cerne de seu discurso.