Gerardo Iglesias

Gerardo Iglesias

Gerardo Iglesias (Uruguay) - gerardo@rel-uita.org

“É hora de reagir”

O movimento sindical brasileiro ainda não percebeu a gravidade da reforma trabalhista em vigor no país e deve acordar antes que seja tarde demais, disse para A Rel, Ernane Garcia, presidente da Federação dos Trabalhadores da Indústria da Alimentação do Paraná, filiada à Confederação Democrática Brasileira de Trabalhadores da Alimentação (Contac-CUT).

Sua arma, seu voto!

No dia 6 de dezembro passado, em Brasília, assumiu a nova diretoria da Confederação Nacional de Trabalhadores de Turismo e Hospitalidade (Contratuh) para o próximo quinquênio. Entre os convidados, esteve presente Paulo Paim, senador federal do PT.

O Brasil vai de mal a pior

O assessor legal da Confederação Nacional dos Trabalhadores Assalariados e Assalariadas Rurais do Brasil (CONTAR) participou do Encontro realizado no município de Sunchales, Argentina, nos dias 29 e 30 de novembro. A Rel transcreve a seguir o cerne de seu discurso.

“Devemos retomar a luta de classes”

Foto: Gerardo Iglesias

Em 5 de setembro, durante o lançamento da Campanha Nacional de Conscientização e Resistência contra a desarticulação do movimento sindical e dos direitos trabalhistas, Artur Bueno de Camargo, coordenador nacional do Fórum Sindical dos Trabalhadores (FST), expôs a importância de haver união para enfrentar as reformas promovidas por Michel Temer e seus aliados no parlamento brasileiro. A seguir, transcrevemos o cerne de sua intervenção.