SINDICATOS | DERECHOS HUMANOS

Arcor amarga adota política arbitrária e antissindical

No site da empresa na Internet, o setor de RH anuncia: “Convidamos você a conhecer os depoimentos de nossos colaboradores”. E então, podemos ter acesso a uma série de vídeos relatando como é bom trabalhar na Arcor, uma transnacional que respeita o meio ambiente, o desenvolvimento humano, e que alardeia sua responsabilidade social.
Não posso acreditar, aliás, sou até capaz de apostar que a Arcor não subiu neste simpático portal o depoimento de três dirigentes da fábrica de Colônia Caroya, de quem retiraram seu foro sindical sem justificativa alguma e, segundo o Sindicato, com argumentos ardilosos e absolutamente arbitrários.  
Diante deste fato, o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias da Alimentação de Córdoba expressa que “Esta atitude da empresa Arcor se transforma diretamente em uma ação antissindical, provocadora, supondo que responde de forma revanchista ao plano de luta levado adiante pela Federação durante as negociações paritárias nacionais”.Nós da Rel-UITA solicitamos que todas as organizações que integram a Federação Internacional dos Sindicatos de Trabalhadores da Arcor (FEISTAR), sigam com atenção a evolução desta situação e fiquem prontas para executar as medidas sindicais que, vindas da Argentina, nos forem solicitadas. 

Prêmio Inovação 2017 já tem um ganhador: Arcor.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.